(41) 99969-4863
contato@networkpsicologia.com.br

Aposentado do Século XXI

Created with Sketch.

Aposentado do Século XXI

Um estudo de 2016, realizado pela psicóloga Jucele Antunes e seus colegas de pós graduação em psicologia organizacional, apresenta como estão os aposentados do século XXI.

 

No estudo foi feito uma pesquisa e separado os aposentados:

 

– Aposentados que continuavam trabalhando.

– Aposentados que não trabalhavam.

– Aposentados que desempenhavam trabalhos voluntários.

 

Contatou-se neste estudo que dos aposentados entrevistados que não trabalham mais, encaravam o trabalho como um fardo e não viam a hora de se aposentar. O trabalho não tinha nada haver com seus sonhos, realizações ou identidade profissional.

 

Os aposentados que continuavam a trabalhar, amavam seus trabalhos e só se imaginavam parar quando morressem. O trabalho tinha um papel fundamental inclusive na formação de sua identidade, como diz Ciampa (2000), “o indivíduo é algo que ele faz”. Ou seja, quando ele não faz algo que ele não gosta é como se não o satisfizesse como pessoa.

 

E por fim os aposentados que desenvolvem trabalhos comunitários, tem a oportunidade de fazer uma atividade que realmente gosta, ou seria uma “fuga” por uma “cobrança” da sociedade em serem vistos por “não fazem nada”.

 

Muitos começam sua carreira profissional em atividades que não gostam e acabam se deixando levar, porque tem que sustentar a família ou até mesmo pelo bom salário, mas esquecem de si e se frustram ao longo do caminho. O trabalho é visto por muitos como um fardo, quando deveria ser algo prazeroso e complementar. A realização pessoal tem muito haver com a identidade profissional.

 

Um pensador chinês chamado Confúcio diz que “Escolha um trabalho que você ame e não terás que trabalhar um único dia em sua vida”.

 

Sendo assim, mesmo antes de se aposentar ou após a aposentadoria, o indivíduo poderá participar de um processo de orientação profissional e escolher uma profissão que melhor se identifique. Lembrando que nunca é tarde demais para começar.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ligar Agora
WhatsApp chat